Na primeira resenha que eu faço de um livro que fala sobre cristianismo eu trago título a obra Cristianismo puro e simples de C. S. Lewis. Nascido na Irlanda em 1898, o autor, foi ateu durante muito tempo e acabou se convertendo ao cristianismo em 1929 e a partir daí começou a escrever excelentes livros sobre apologética cristã.

     O livro teve sua origem em um programa de rádio que C. S. Lewis comandava e que era transmitido na época da segunda guerra mundial. Como a Europa se encontrava em um período bastante complicado o intuito dos programas era trazer conforto e falar sobre questão muito importantes do cristianismo para aliviar a angústia das pessoas. Na versão impressa o autor fez alguns acréscimos no texto para tornar ainda mais rico o texto.

     Os temas tratados não são de nenhuma doutrina específica, mas sim sobre as bases do cristianismo. A obra está dividida em 4 partes e cada uma delas traz pequenos capítulos que são a transcrição do programa que foi apresentado na rádio, o que torna a leitura muito dinâmica.

     No primeiro capítulo o tema é o certo e o errado como chaves para a compreensão do universo e são apresentados os conceitos que hoje em dia tantas pessoas tentam relativizar neste aspecto. A natureza humana é abordada de uma maneira profunda, simples e objetiva, a moral também é analisada nesta parte do livro. Através de argumentos muito lógicos e precisos Lewis nos mostra que há sim uma lei moral que transcende nossa existência e que de forma alguma pode ser relativa.

cs1

     O capítulo dois fala sobre no que acreditam os cristãos e traz muitos conceitos fundamentais como por exemplo a bondade e a justiça de Deus que é tão questionada por pessoas que não são cristãs.

cs6

     Como foi um ateu ele consegue captar a essência infantil de muitos argumentos que são usados pelas pessoas que atacam o cristianismo e os rebate de uma forma genial. Nós cristão sabemos muito bem quantas vezes vemos um espantalho mal feito ser usado como alvo para ataques.

cs2

     A conduta cristã é o assunto da terceira parte do livro e aqui vemos ser abordados assuntos como moral, virtudes, casamento, perdão, pecado, caridade, esperança e fé. Quando o autor aborda a moral sexual ele faz analogias muito boas que realmente escancaram os problemas em apresentarmos certos tipos de comportamentos que hoje são tidos como totalmente aceitáveis e sadios pela sociedade como por exemplo o hábito de consumir pornografia.

cs3

     O último capítulo fala sobre a trindade e sobre o porquê de ser tão difícil de compreendermos um Deus que é único e ao mesmo tempo se apresenta de três formas. Aqui ele explica detalhadamente a diferença entre criar e gerar que é o que faz com que Jesus seja filho de Deus e nós Suas criaturas.

cs4

     Cristianismo puro e simples é um livro muito agradável, escrito de uma forma muito clara e fluida que realmente faz o leitor aprender sobre o cristianismo de uma forma leve. Apesar de o autor dizer que não entraria em pontos controversos eu irei apontar dois temas que foram lançados de uma maneira bem superficial no livro, mas que me chamaram a atenção justamente por eu ter uma opinião divergente com relação ao autor sobre esses dois assuntos que são a imortalidade da alma de forma incondicional e a evolução das espécies, porém isso não afeta de forma alguma o conteúdo excelente da obra. Recomendo a leitura a todos aqueles que não conhecem muito bem as bases da fé cristã e também para os que são neófitos.

Para comprar o livro acesse

https://www.amazon.com.br/gp/product/8578271726/ref=as_li_tl?ie=UTF8&camp=1789&creative=9325&creativeASIN=8578271726&linkCode=as2&tag=paulmari-20&linkId=7b5b13e7a4a57013b8e91acd85a45c19